BARRO PRETO: JOGOS DO CAMPEONATO BAIANO PODEM ACONTECER EM NOSSA CIDADE
18/03/2021 09:01 em ESPORTE

O Grapiúna Atlético Clube, agremiação itabunense fundada no ano de 1996 após o rebaixamento do tradicional Itabuna Esporte Clube, que participou do Campeonato Baiano de Futebol ininterruptamente de 1967 a 1993, a direção da tradicional equipe grapiúna decidiu suspender suas atividades. Desta forma a cidade de Itabuna ficou sem um clube profissional e nasceu o Itabuna Atlético Clube, logo em sua primeira participação no Campeonato Baiano da Segunda Divisão conquistou o vice-campeonato ao ser derrotado na final pelo Juazeiro Social Clube e assim obteve o acesso a Primeira Divisão em 1997. Na sua segunda participação o Itabuna Atlético Clube mudou de nome e se tornou o Grapíuna Atlético Clube.

Em 2021 o Grapíuna planeja retornar à disputa da segunda divisão do campeonato baiano de futebol, impedido de utilizar o estádio Municipal Luiz Viana Filho, o “itabunão” na sua cidade natal, por ter sido “abandonado” pela gestão anterior e não ter as condições mínimas necessárias de abrigar jogos do baiano, os dirigentes da agremiação itabunense estão em busca de uma “casa” para mandar os jogos desse campeonato.

Com isso, a gestão municipal da cidade de Barro Preto, que possui hoje um dos melhores estádios da região, o Jonival Lucas, convidou os dirigentes do time Grapíúna, Álvaro e Narciso, que estiveram ontem e vistoriaram o local e gostaram muito do que viram, apontaram algumas retificações na estrutura, haja vista, que as partidas da segunda divisão do baiano/21 terão transmissão ao vivo pela TVE, além de rádios da região e outros órgãos de comunicação do estado.

O diretor de Esporte do município Guty Reis e o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Edson Correia, acompanharam os dirigentes do time grapíuna, “foi realizada a vistoria do local e na sequência os diretores apontaram algumas correções, os diretores do time do Grapiúna saíram bastante felizes, também ficou apalavrado que no futuro teremos outras parcerias, como as famosas 'peneiras' regionais para descoberta de novos valores para o futebol”, afirmou o secretário de agricultura, Edson Correia.

Caso se concretize, o “mando” de jogos por parte do Grapíúna, em nossa cidade, projeta o município e incrementa o comércio local, haja vista, a possibilidade do segundo semestre que o público seja liberado a voltar aos estádios, além disso, as partidas devem acontecer aos domingos, às 11:00 da manhã.

COMENTÁRIOS